UE aprova testes de DNA depois do escândalo da carne de cavalo

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013 15:42 BRST
 

BRUXELAS, 15 Fev (Reuters) - A União Europeia aprovou um amplo programa de testes de DNA nos produtos de carne bovina para avaliar a escala do escândalo envolvendo rotulagem enganosa de carne de cavalo, disse um executivo do bloco nesta sexta-feira.

"Eu saúdo a rápida aprovação pelos Estados-membros de um plano que eu coloquei na mesa dois dias atrás e os conclamo a manter a pressão nos seus esforços para identificar um cenário mais claro e uma sequência de eventos", disse o diretor para saúde do bloco, Tonio Borg, em comunicado.

O plano inicial de um mês de testes também vai procurar por resíduos de drogas potencialmente prejudiciais à saúde, depois de resultados positivos em testes realizados em seis cavalos abatidos no Reino Unido para o anti-inflamatório fenilbutazona, que é ilegal na carne para consumo humano. Os resultados iniciais dos testes são esperados para meados de abril.

(Reportagem de Charlie Dunmore)