Grã-Bretanha, França, Alemanha apoiam combate a evasão de impostos

sábado, 16 de fevereiro de 2013 14:16 BRST
 

MOSCOU, 16 Fev (Reuters) - Os governos britânico, francês e alemão lançaram uma iniciativa conjunta neste sábado para combater evasão fiscal por companhias multinacionais, que será apresentada em reunião em julho de líderes de finanças do G20, grupo que reúne as principais economias do mundo.

O plano, apresentado pelos ministros das Finanças dos três países em reunião do G20 em Moscou, vem após um relatório da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) mostrando que muitas grandes empresas encontram saltam de país em país para pagar menos impostos.

A OCDE destacou uma crescente tendência entre multinacionais, que transferem lucros para países onde os impostos são mais baixos, e fez um apelo por uma ampla reformulação das regras tributárias internacionais para impedir que isso continue ocorrendo.

"Esse trabalho é a base de maior cooperação internacional para garantir que nossas regras tributárias reflitam nossa economia internacional", disse o ministro das Finanças britânico, George Osbourne.

"Inacreditavelmente, nossas regras tributárias foram criadas há cem anos pela Liga das Nações, e muito aconteceu com nossa economia internacional desde então".

O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schauble, disse que o trio examinará maneiras para fechar brechas que tornam mais fácil para empresas decidir onde pagam impostos, particularmente sobre itens como juros, dividendos e royalties.

"Multinacionais não deveriam ser capazes de capturar a globalização para reduzir deslealmente seus impostos", disse ele.

(Reportagem de Jason Bush)