Papa Bento 16 pede que rezem por ele e por seu sucessor

domingo, 17 de fevereiro de 2013 14:23 BRT
 

Por Philip Pullella

CIDADE DO VATICANO, 17 Fev (Reuters) - O papa Bento 16 pediu aos fiéis neste domingo que rezem por ele e para o próximo papa, em sua penúltima celebração dominical a uma multidão na Praça de São Pedro antes de tornar-se o primeiro pontífice em séculos a renunciar.

As pessoas gritavam "Viva o Papa!", agitaram bandeiras e irromperam em aplausos enquanto o pontífice falava de sua janela. Bento 16, que vai abdicar em 28 de fevereiro aos 85 anos de idade, agradeceu-os em várias línguas.

Falando em espanhol, ele disse ao público que, segundo o Vaticano, contava com mais de 50 mil fiéis: "Eu imploro que vocês continuem rezando por mim e pelo próximo papa".

Não ficou claro por que o papa escolheu a língua espanhola para fazer a única referência específica a sua iminente renúncia nas declarações deste domingo.

Falando em italiano em parte de seu discurso sobre a Quaresma, o período em que cristão reflete sobre seus fracassos e busca orientação em oração, o papa falou sobre as dificuldades de tomar decisões importantes.

"Em momentos decisivos da vida, ou, em uma análise mais próxima, em todos os momentos da vida, estamos em encruzilhadas: queremos seguir o 'Eu' ou Deus? O interesse individual, ou o bem verdadeiro, que é realmente bom?", disse ele.

O papa disse que suas forças físicas e espirituais não são mais fortes o suficiente para sustentá-lo na posição de liderar os 1,2 bilhão de católicos apostólicos romanos do mundo em tempo de crise para a Igreja num mundo em rápida mudança.

O papado de Bento foi assombrado por crises sobre o abuso sexual de crianças por padres na Europa e nos Estados Unidos, maior parte do qual ocorreu antes de seu tempo na posição mas veio à público durante sua liderança.   Continuação...

 
O papa Bento 16 conduz missa no domingo na praça de São Pedro no Vaticano. 17/02/2013 REUTERS/Tony Gentile