Mais da metade dos mexicanos aprova presidência de Peña Nieto

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 17:44 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO, 18 Fev (Reuters) - Mais da metade dos mexicanos aprova a gestão do presidente Enrique Peña Nieto, no momento em que seu governo conduz reformas consideradas importantes para fortalecer a economia, mas a insegurança e os resultados das medidas contra o crime organizado enfraquecem seus níveis de popularidade, mostrou nesta segunda-feira a primeira pesquisa desde que ele assumiu.

Uma pesquisa da consultoria Buendía y Laredo publicada pelo jornal El Universal revelou que Peña, que chegou à presidência em 1o de dezembro para uma gestão de seis anos, tem aprovação de 56 por cento. Um total de 29 por cento desaprovou o mandatário e 14 por cento se mostraram indiferentes ao seu trabalho.

O nível de aprovação do atual presidente é ligeiramente menor que os 58 por cento obtidos pelo conservador Felipe Calderón nos primeiros meses de governo, que começou com operações militares contra os violentos cartéis de drogas.

A pesquisa foi feita de 7 a 12 de fevereiro com 1.000 pessoas e tem margem de erro de 3,5 pontos, para mais ou menos.

Peña ganhou as eleições do ano passado com 38,21 por cento dos votos, seguido do esquerdista Andrés Manuel López Obrador, quem obteve 31,57 por cento.

(Reportagem de Miguel Angel Gutiérrez e Michael O'Boyle)