Espanhóis vão às ruas em protesto contra política econômica

sábado, 23 de fevereiro de 2013 17:46 BRT
 

MADRI, 23 Fev (Reuters) - Milhares de pessoas saíram às ruas em cidades da Espanha neste sábado para protestar contra as medidas de austeridade, privatização de serviços públicos e corrupção.

Estudantes, médicos, sindicalizados, jovens famílias e aposentados fizeram protestos enérgicos mas sem violência contra os quase cinco anos de uma crise que parece não ceder, enquanto o desemprego só aumenta.

"Estou aqui para contribuir com minha voz. Estão fazendo cortes onde não poderiam: saúde, educação, serviços básicos", afirmou Alberto, de 51 anos e funcionário de uma multinacional alemã em Madri, falando sob a condição de não dar o sobrenome.

Em Madri, as marchas saíram de quatro diferentes pontos da cidade e se encontraram perto do Parlamento, fortemente policiado e cercado por barricadas.

As marchas coincidiram com o aniversário de uma tentativa de golpe de Estado por guardas civis em 1981, quando tomaram o Parlamento e fizeram deputados reféns até o dia seguinte.

(Por Paul Day)