Vaticano diz que relatório sobre Vatileaks continuará confidencial

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013 09:58 BRT
 

ROMA, 25 Fev (Reuters) - O Vaticano disse nesta segunda-feira que o relatório sobre os documentos papais que foram vazados no ano passado pelo então mordomo do papa Bento 16, no chamado "escândalo Vatileaks", continuará confidencial e será mostrado apenas para o próximo pontífice.

"O santo padre decidiu que os fatos desta investigação, conteúdo que é conhecido apenas por ele, estarão disponíveis exclusivamente para o novo pontífice", informou o Vaticano em um comunicado.

Alguns veículos da mídia italiana pediram que o relatório fosse publicado antes do conclave que irá escolher o próximo papa.

(Reportagem de Philip Pullella)

 
Papa Bento 16 acena durante sua última benção de domingo antes de renunciar na Praça de São Pedro, no Vaticano. O Vaticano disse que o relatório sobre os documentos papais que foram vazados no ano passado pelo então mordomo do papa Bento 16, no chamado "escândalo Vatileaks", continuará confidencial e será mostrado apenas para o próximo pontífice. 24/02/2013 REUTERS/Alessandro Bianchi