Presidente da Itália cancela jantar com candidato alemão após comentário

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 14:58 BRT
 

Por Holger Hansen e Stephen Brown

BERLIM, 27 Fev (Reuters) - O presidente italiano, Giorgio Napolitano, cancelou um jantar com o candidato a chanceler da oposição alemã nesta quarta-feira depois que ele descreveu o ex-premiê italiano Silvio Berlusconi e o comediante que virou político Beppe Grillo como "palhaços".

Peer Steinbrueck, um social-democrata que disputará o cargo da chanceler Angela Merkel na próxima eleição nacional da Alemanha, em setembro, tem uma reputação de cometer gafes e seu comentário criou o primeiro incidente diplomático de sua campanha.

Steinbrueck disse na terça-feira que estava "chocado que dois palhaços ganharam" a eleição de 24 e 25 de fevereiro na Itália. O resultado, na verdade, foi inconclusivo, com nenhum partido conquistando maioria no parlamento.

Napolitano, um ex-comunista de 87 anos sem afinidade natural por Berlusconi ou Grillo, enfrenta agora a difícil tarefa de tentar nomear um governo de coalizão.

A imprensa italiana disse que ele havia expressado preocupação com o "populismo" após o resultado da eleição em uma reunião privada durante sua visita à Alemanha, mas esses comentários não puderam ser confirmados.

O porta-voz do candidato alemão disse que Napolitano cancelou "por causa de comentários de Steinbrueck na terça-feira" e acrescentou que o político do SPD "entendia as razões políticas internas de Napolitano para o cancelamento".

Napolitano deixou claro que como chefe de Estado não toleraria insultos ao orgulho nacional.

"Nós respeitamos, e, naturalmente, exigimos respeito ao nosso país", disse ele em discurso emocionado para os membros da comunidade italiana em Munique.   Continuação...