5 de Novembro de 2014 / às 22:24 / em 3 anos

Eletropaulo tem lucro líquido de R$130,6 mi no 3º tri

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A distribuidora de energia AES Eletropaulo teve forte alta do lucro líquido no terceiro trimestre, impulsionado pela sobrecontratação de energia no trimestre e pelo repasse de recursos da Conta Centralizadora (Conta-ACR) à empresa.

O lucro líquido no período de julho a setembro foi de 130,6 milhões de reais, frente um resultado de 27 milhões de reais no mesmo período do ano anterior, informou nesta quarta-feira.

Segundo a empresa, apesar do impacto negativo causado pela Copa do Mundo e pela desaceleração econômica, o resultado foi impulsionado pela sobrecontratação de energia no trimestre e pelo repasse de recursos da Conta-ACR relativo a maio e junho, contabilizado no período.

A receita líquida totalizou 2,93 bilhões de reais, avanço de 31,7 por cento ano contra ano. Já as despesas operacionais tiveram alta de 24,8 por cento, para 2,36 bilhões de reais.

A receita com venda de energia no mercado de curto prazo somou 405 milhões de reais, dada sobrecontratação de 5,2 por cento no terceiro trimestre.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de 422,1 milhões de reais, alta de 196,4 por cento frente ao terceiro trimestre de 2013.

O mercado total da AES Eletropaulo encerrou o período com volume de 11.283,6 GWh, redução de 1,3 por cento ano contra ano. "Esse desempenho é reflexo da desaceleração econômica, principalmente na produção industrial, e do impacto causado pela Copa do Mundo", disse a empresa em seu relatório de resultados.

O consumo comercial subiu 1,9 por cento no trimestre, enquanto o residencial ficou estável. Já o consumo industrial caiu 7,5 por cento, afetado pela desaceleração econômica. O mercado cativo e o mercado total apresentaram retração de 0,5 por cento e 1,3 por cento no trimestre, respectivamente.

De janeiro a setembro, porém, a Eletropaulo teve prejuízo líquido de 407,3 milhões de reais, frente a um resultado positivo de 271,4 milhões de reais no mesmo período de 2013.

Nos nove meses, a despesa com energia comprada para revenda, que totalizou 5,46 bilhões de reais, teve aumento de 43,6 por cento sobre os nove primeiros meses de 2013, principalmente em função do aumento de 33 por cento no preço médio da energia comprada.

A despesa foi parcialmente compensada pelo repasse de recursos por meio da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e da Conta-ACR no montante de 1,29 bilhão de reais.

Por Luciana Bruno

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below