10 de Fevereiro de 2015 / às 13:22 / em 3 anos

BB Seguridade vê alta no lucro ajustado de 2015, ações reagem positivamente

SÃO PAULO (Reuters) - A companhia de seguros BB Seguridade, controlada pelo Banco do Brasil, estimou alta de até 22 por cento no lucro ajustado de 2015 após divulgar nesta terça-feira fortes resultados para o ano passado, na esteira de melhor desempenho operacional e financeiro.

Homem em frente filial do Banco do Brasil no Rio de Janeiro. 15/12/2014 REUTERS/Pilar Olivares

No quarto trimestre, o lucro líquido da companhia subiu 26 por cento sobre um ano antes, a 1,14 bilhão de reais, ajudando a última linha do balanço a encerrar 2014 com avanço de 40 por cento sobre 2013, a 3,5 bilhões de reais.

No fechado do ano, a coligada BB Mapfre SH1, responsável pelos ramos de vida, prestamista, rural e habitacional, teve alta de 31,3 por cento no lucro líquido, a 1,3 bilhão de reais.

Enquanto isso, Brasilprev, de previdência, e Brasilcap, de capitalização, registraram crescimento na mesma linha de 67,2 por cento e 75,2 por cento, respectivamente.

“Juntamente com a BB Corretora, cujo resultado apresentou crescimento de 42,2 por cento, essas companhias explicam em grande parte o crescimento dos resultados da BB Seguridade no exercício”, disse a companhia em sua demonstração contábil.

Em termos ajustados, o lucro líquido de 2014 foi de 3,2 bilhões de reais. Para 2015, a BB Seguridade estimou que essa cifra deverá subir até 22 por cento, ficando entre 3,6 bilhões e 3,9 bilhões de reais.

“Acreditamos que a empresa possa entregar esse ano um resultado próximo ao topo da meta de lucro líquido, surpreendendo positivamente o mercado”, comentou a equipe de analistas da XP Investimentos em nota a clientes, avaliando o resultado do quarto trimestre como positivo diante do crescimento observado em todas as linhas de negócios.

O faturamento combinado de prêmios, contribuições de previdência e arrecadação de capitalização teve alta anual de 22,1 por cento no trimestre, a 15,9 bilhões de reais, subindo 24,6 por cento no ano, a 54 bilhões.

Reagindo aos resultados, as ações da companhia subiam 1 por cento às 11h13, enquanto o Ibovespa ganhava 0,26 por cento.

METAS

No ano passado, o retorno sobre o patrimônio líquido (RSPL) médio ajustado da BB Seguridade foi de 49,8 por cento, acima da sua projeção de 44 a 49 por cento. Segundo a companhia, isso ocorreu principalmente em função do resultado financeiro das coligadas, “fruto do movimento mais favorável da estrutura a termo de taxas de juros ocorrido ao longo do ano de 2014”.

A BB Seguridade, que não fez projeções para o RSPL em 2015, projetou alta de 15 a 21 por cento no ano para os prêmios emitidos pela BB Mapfre SH1, ante aumento de 19 por cento em 2014, percentual que ficou aquém das suas estimativas iniciais de alta de 24 a 32 por cento.

Já para as reservas PGBL e VGBL da Brasilprev, a companhia estimou crescimento de 27 a 36 por cento, abaixo do avanço de 37,5 por cento registrado em 2014.

DIVIDENDOS

O Conselho de Administração da BB Seguridade também divulgou que aprovou o pagamento de 1,57 bilhão de reais em dividendos, montante equivalente a 80 por cento do resultado líquido apurado no segundo semestre de 2014.

Segundo ao companhia, a baixa necessidade de capital da BB Seguridade e de suas coligadas, a capacidade de geração de caixa e a manutenção de índices adequados de solvência permitiram o estabelecimento desse nível de remuneração.

Por Marcela Ayres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below