13 de Fevereiro de 2015 / às 14:02 / 3 anos atrás

Ministro da Grécia diz que perdão parcial seria mais barato que extensão da dívida

BERLIM (Reuters) - O ministro das Finanças da Grécia, Yanis Varoufakis, disse a uma revista alemã que conceder à Grécia um perdão parcial da dívida seria mais barato a seus credores do que postergar o vencimento de seus bônus.

09/02/2015. REUTERS/Alkis Konstantinidis

“Todo mundo sabe que a Grécia nunca seria capaz de aguentar o atual fardo da dívida sem um novo acordo”, disse Varoufakis ao Der Spiegel em trecho de entrevista a ser publicada no sábado.

“Entendo que o governo alemão quer evitar a expressão ‘perdão da dívida’. Mas de fato funcionaria de forma melhor e mais barata para credores do que uma extensão da dívida”, acrescentou.

(Reportagem de Stephen Brown)

Tradução Redação São Paulo; 55 11 5644 7768 REUTERS BBF CB

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below