21 de Maio de 2015 / às 17:14 / em 3 anos

Índice europeu de ações se recupera de mínima e fecha em alta

LONDRES - O principal índice de ações europeu fechou em alta nesta quinta-feira, recuperando-se das mínimas após dados indicarem cenários contrastantes nas principais economias da zona do euro, com o crescimento do setor privado alemão desacelerando novamente em maio e a França dando continuidade a sua tímida recuperação.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,39 por cento, a 1.619 pontos, após chegar a recuar 0,4 por cento mais cedo.

O índice francês CAC terminou em alta e apresentou o melhor desempenho entre os índices setoriais do continente, depois que os setores de indústria e serviços exibiram melhora no país.

As ações das empresas escandinavas Kinnevik e Nokia foram as que mais avançaram no FTSEurofirst 300, ambas terminando com alta de mais de 3 por cento.

O papel da Nokia avançou após fontes dizerem que algumas das montadoras de luxo da Alemanha se preparam para comprar sua unidade de mapas HERE, enquanto a Global Fashion Group, apoiada pela Kinnevik, se prepara para um IPO, de acordo com o investidor Rocket International

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,09 por cento, a 7.013 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,14 por cento, a 11.864 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,26 por cento, a 5.146 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,14 por cento, a 23.739 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,18 por cento, a 11.595 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,05 por cento, a 6.103 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below