17 de Junho de 2015 / às 16:12 / em 2 anos

BNDES terá atuação limitada em debêntures de infraestrutura

SÃO PAULO (Reuters) - O mercado não deve contar com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para liderar a compra de debêntures de infraestrutura que devem ser lançadas dentro do pacote de logística recentemente anunciado pelo governo federal.

Vista da ciclovia, linha férrea e a Marginal Pinheiros, em São Paulo. 22/09/2011 REUTERS/Paulo Whitaker

“O BNDESPar (braço de participações do banco de fomento) não vai garantir a compra da maior parte das debêntures de infraestrutura”, disse nesta quarta-feira o chefe da área de transporte e logística do BNDES, Cleverson Aroeira.

Segundo Aroeira, a tendência é que a instituição participe com, no máximo, 20 a 30 por cento.

Recentemente, o BNDES anunciou uma nova política de concessão de recursos, que limita o acesso a linhas subsidiadas ao compromisso de que o tomador emita debêntures.

O critério vale também para as concessões de logística.

Por Aluísio Alves

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below