21 de Dezembro de 2015 / às 18:03 / 2 anos atrás

Exportações de petróleo do Irã podem crescer 500 mil bpd em um ano após sanções, diz IEA

TÓQUIO (Reuters) - As exportações de petróleo do Irã podem aumentar em meio milhão de barris por dia dentro de seis a doze meses, uma vez que as sanções contra o país sejam suspensas, disse a Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) nesta segunda-feira.

Os volumes adicionais se somariam a um excesso de oferta que pressionou os preços do Brent a níveis vistos pela última vez em 2004.

"Assim que as sanções forem suspensas internacionalmente, o Irã em seis meses a um ano levará um adicional de 500 mil barris por dia ao mercado", disse Fatih Birol, diretor-executivo da Agência Internacional de Energia, em Tóquio.

O petróleo do Irã se somaria a um mercado já superabastecido que tem visto os preços caírem em dois terços desde meados de 2014.

Birol também disse que não espera um aumento significativo dos preços do petróleo antes do final de 2016.

"O que observamos hoje é que, como resultado de políticas guiadas pelos principais países produtores, os preços têm permanecido baixos e muitas áreas de produção de petróleo em regiões de fora da Opep estão sob pressão", ele disse.

"Nossas novas análises mostram que ano que vem podemos ver um corte de meio milhão de barris por dia no petróleo não convencional dos Estados Unidos, a produção do Brasil está sob pressão, África, Rússia. Isso poderá significar um aumento da parcela de mercado da Opep", ele disse.

Por Aaron Sheldrick e Osamu Tsukimori

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below