7 de Janeiro de 2016 / às 10:09 / em 2 anos

Índices recuam após China depreciar iuan e novo "circuit breaker" no mercado

TÓQUIO (Reuters) - As ações asiáticas tiveram forte queda nesta quinta-feira após a China ajustar novamente para baixo o iuan e as ações de Xangai despencarem mais de 7 por cento, disparando o “circuit breaker” do mercado acionário pela segunda vez nesta semana, suspendendo as operações pelo restante do dia.

Pedestre observa painel mostrando cotações de bolsas em vários países, em Tóquio. 07/01/2016 REUTERS/Yuya Shino

As autoridades chinesas anunciaram novas regras nesta semana, que restringem as vendas por grandes acionistas, o que não foi bem aceito pelos investidores.

“Isso é loucura. Os reguladores chineses tomaram esse caminho e não podem sair dele. Eles arruinaram qualquer esperança que os investidores ainda tinham no mercado”, disse o fundador do Mandarin Capital Partners, Alberto Forchielli.

Às 7h55 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 2,55 por cento, atingindo seu menor nível desde o final de setembro.

“Tensões geopolíticas decorrentes das tensões entre Arábia Saudita e Irã e o teste nuclear da Coreia do Norte já haviam aumentado a aversão ao risco. O ressurgimento do risco chinês foi um golpe psicológico a mais para os mercados, o que levou à venda generalizada de ações”, disse Takashi Hiroki, estrategista chefe do Monex Securities.

As ações asiáticas ampliaram suas perdas nesta quinta-feira após o banco central chinês definir a taxa referencial do iuan a 6,5646 por dólar antes da abertura do mercado doméstico, 0,5 por cento mais fraca do que a da véspera.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 2,33 por cento, a 17.767 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 3,09 por cento, a 20.333 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 7,32 por cento, a 3.115 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 6,93 por cento, a 3.294 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,1 por cento, a 1.904 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 1,73 por cento, a 7.852 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 2,65 por cento, a 2.729 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 2,2 por cento, a 5.010 pontos.

Reportagem adicional por Lu Jianxin, Samuel Shen e Lisa Jucca

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below