7 de Janeiro de 2016 / às 19:03 / 2 anos atrás

Pressionado por China, dólar sobe a R$4,0525, maior nível desde setembro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou no maior nível em relação ao real em mais de três meses nesta quinta-feira, em mais um dia marcado por intensas preocupações com a economia chinesa nos mercados globais após nova desvalorização do iuan derrubar as bolsas do país asiático.

Homem segura notas de dólar. 29 de dezembro de 2015. REUTERS/Esam Omran Al-Fetori

O dólar avançou 0,77 por cento, a 4,0525 reais na venda, maior nível desde 29 de setembro (4,0591 reais). Na máxima desta sessão, a moeda norte-americana subiu mais de 1 por cento e atingiu 4,0745 reais.

Por Bruno Federowski

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below