9 de Novembro de 2016 / às 13:07 / 10 meses atrás

Aversão a risco após vitória de Trump nos EUA pressiona e índice brasileiro cai

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa recuava mais de 2 por cento no final da manhã desta quarta-feira, em sessão amplamente negativa, que refletia a aversão a risco provocada pela eleição de Donald Trump para a Presidência dos Estados Unidos.

Às 11:03, o Ibovespa caía 2,15 por cento, a 62.777 pontos. Na mínima, mais cedo, o índice caiu 3,7 por cento. O giro financeiro era de 1,97 bilhão de reais.

Trump, que surpreendeu o mundo derrotando a favorita Hillary Clinton, buscou um tom mais ameno em seu discurso, dizendo ser o momento de curar as divisões provocadas pela campanha e encontrar o meio termo.

“As incertezas maiores residem na política externa e protecionismo econômico da campanha, sinalização esta que teria efeitos negativos à já frágil economia global”, escreveram analistas da corretora Lerosa Investimentos em nota a clientes.

Operadores ressaltam que o México está na linha de frente dos emergentes com exposição aos EUA, abrindo oportunidades no médio prazo para outros países, como o Brasil, que pode ser alternativa entre os emergentes.

DESTAQUES

- PETROBRAS PN cedia 4,11 por cento e PETROBRAS ON recuava 2,82 por cento, afetada pela aversão a risco geral e após a petroleira anunciar na véspera redução nos preços de combustíveis. Para o BTG Pactual, embora o corte nos preços mostre impacto negativo no primeiro momento, a decisão reforça a percepção de independência da empresa.

- CIELO caía 2,51 por cento. A empresa reportou lucro líquido de 1,05 bilhão de reais no terceiro trimestre, alta de 14,5 por cento ante igual período de 2015, com os números de seu balanço considerados neutros para suas ações por analistas do Credit Suisse.

- GERDAU PN tinha baixa de 0,8 por cento, em sessão de aversão a risco. A empresa divulgou seu resultado trimestral com números considerados fortes pela equipe do BTG Pactual, que destacou o Ebitda ajustado de 1,2 bilhão de reais e o fato de a empresa continuar gerando caixa.

- ITAÚ UNIBANCO caía 1,91 por cento, em sessão negativa para os bancos como um todo, ajudando o impacto negativo no Ibovespa dado o peso dos papéis em sua composição. BRADESCO PN perdia 2,05 por cento e BANCO DO BRASIL recuava 2,93 por cento.

- VALE PNA subia 1,2 por cento, enquanto VALE ON tinha alta de 1,08 por cento, revertendo as perdas vistas mais cedo e diminuindo a pressão sobre o Ibovespa. Os preços do minério de ferro para entrega imediata no porto chinês de Tianjin tiveram mais uma sessão de alta.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below