2 de Dezembro de 2016 / às 15:47 / um ano atrás

Delta Air Lines corta previsão de lucro com novo contrato de trabalho de pilotos

(Reuters) - A Delta Air Lines anunciou nesta sexta-feira que terá um impacto de meio bilhão de dólares no resultado do quarto trimestre, em razão de um novo contrato de trabalho aprovado por pilotos na quinta-feira, com aumentos retroativos ao início de 2016.

A Delta, a segunda maior companhia aérea norte-americana por tráfego de passageiros, disse que pagará 475 milhões de dólares em salários mais altos e participação nos lucros para pilotos, incluindo 380 milhões relativos aos três primeiros trimestres do ano. Isso deve reduzir sua margem de lucro operacional em cerca de cinco pontos para entre 9,5 por cento e 10,5 por cento.

O acordo com os piloto aumenta os salários 30 por cento até 2019.

Os pilotos comerciais norte-americanos e europeus estão exigindo sua participação nos ganhos recentes das companhias aéreas, que reduziram os custos na última década para sobreviverem aos preços mais altos do petróleo e ao efeito negativo dos ataques de 11 de setembro de 2001 contra os Estados Unidos.

Excluindo o impacto do novo do acordo dos pilotos, a Delta disse que sua margem ficaria no topo da previsão anterior. A companhia disse que as tarifas médias estavam se estabilizando para voos dos EUA reservadas no último minuto, depois de terem caído por meses.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below