5 de Janeiro de 2017 / às 18:58 / em 10 meses

Maiores preços do minério de ferro impulsionam recuperação da australiana Atlas

SYDNEY (Reuters) - A mineradora australiana Atlas Iron, que quase foi à falência há um ano atrás, disse nesta quinta-feira que espera ter geração de caixa líquida positiva até meados de 2017 graças aos preços mais altos do minério de ferro.

A Atlas, que vende a maior parte de seu minério para usinas de aço chinesas, fechou o trimestre fiscal encerrado em 31 de dezembro com 134 milhões de dólares australianos (98 milhões de dólares) em caixa, ante 95 milhões de dólares australianos no trimestre anterior.

A Atlas se salvou por pouco de quebrar em abril do ano passado, após acionistas terem aprovado uma troca de dívida por capital que entregou 70 por cento da companhia para credores.

Desde então, os preços do minério de ferro mais do que dobraram, para cerca de 80 dólares a tonelada.

A companhia extrai cerca de 14 milhões de toneladas de minério de ferro por ano na região de Pibara, no oeste da Austrália, onde tem como rivais as gigantes Fortescue, BHP Billiton, e Rio Tinto, que controlam a maior parte do mercado australiano, que exporta 700 milhões de toneladas por ano.

Por James Regan

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below