6 de Janeiro de 2017 / às 12:55 / em um ano

Usina de Belo Monte tem autorização para iniciar operação de mais uma turbina

(Reuters) - A hidrelétrica de Belo Monte, que está em construção no Pará, recebeu autorização nesta sexta-feira para iniciar a operação de mais uma turbina, de acordo com despacho da Agência Nacional de Energia Elétrica no Diário Oficial da União.

Com a geração de energia em caráter comercial da nova máquina, com 38,85 megawatts, a usina do rio Xingu passou a contar com nove unidades em operação que somam mais de 2,6 gigawatts, o que já a coloca entre as dez maiores hidrelétricas do Brasil em capacidade instalada.

Orçada em cerca de 34 bilhões de reais, Belo Monte deverá estar totalmente concluída em 2019, com 24 turbinas, quando somará 11,2 gigawatts em capacidade, o suficiente para atender o consumo médio de 60 milhões de pessoas, de acordo com a Norte Energia, responsável pelo empreendimento.

A Norte Energia tem como principais sócias empresas do Grupo Eletrobras, com quase 50 por cento, as elétricas Cemig, Light e Neoenergia, além da mineradora Vale.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below