10 de Janeiro de 2017 / às 18:01 / em 8 meses

Emprego na construção cai pelo 26º mês seguido, com 58,2 mil demissões em novembro, diz Sinduscon

SÃO PAULO (Reuters) - A indústria de construção civil fechou 58.201 vagas em novembro no Brasil, elevando para 461.849 o total de demissões nos 11 primeiros meses de 2016, segundo pesquisa do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O mês de novembro marcou a 26ª queda consecutiva do nível de emprego no setor, para 2,582 milhões de trabalhadores, número 2,2 por cento menor que o de outubro e 14,5 por cento inferior a novembro de 2015, de acordo com o SindusCon-SP. No primeiro mês de queda, em outubro de 2014, o setor tinha 3,57 milhões de empregos.

O levantamento, feito com base em dados do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE), mostra uma deterioração maior do emprego nas regiões Norte (-3,71 por cento), Centro-Oeste (-2,67 por cento) e Sudeste (-2,27 por cento).

Embora negativo, o resultado não foi recebido com surpresa pelo SindusCon-SP. ”Além da queda contínua no volume de obras, os dois últimos meses do ano sazonalmente se caracterizam como um período de redução do nível de emprego no setor, pois muitas obras são concluídas e novas serão iniciadas somente no ano seguinte”, afirmou o presidente da entidade, José Romeu Ferraz Neto, em comunicado.

Mas o SindusCon-SP alertou que, se o volume de novas obras seguir em declínio, a indústria pode ter que desempregar mais pessoas nos próximos meses. ”Precisamos urgentemente de medidas emergenciais e mais reformas microeconômicas para reverter esse cenário”, disse Ferraz.

Em novembro, os indicadores sobre preparação de terreno e infraestrutura registraram queda de 3,73 por cento e 3,31 por cento, respectivamente, em relação a outubro.

SÃO PAULO

Somente no Estado de São Paulo, a indústria de construção fechou 12,5 mil vagas no mês de novembro, para 694,6 mil trabalhadores. Na capital, que responde por 44,5 por cento do total de empregos no setor, foram demitidos 5.115 funcionários. Em 12 meses, o nível de emprego em São Paulo acumula retração de 12,9 por cento.

Por Gabriela Mello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below