13 de Janeiro de 2017 / às 17:09 / 7 meses atrás

Bank of America tem lucro trimestral maior com corte de custos e ganhos com corretagem

(Reuters) - O Bank of America teve alta de quase 50 por cento no lucro do quarto trimestre, apoiado em corte de custos e receitas maiores apoiada em corretagem, e o vice-presidente financeiro previu robusto crescimento de resultado adiante graças a alta de juros.

O banco teve alta de 47 por cento no lucro do trimestre encerrado em dezembro, a 4,34 bilhões de dólares, ou 0,40 dólar por ação, ante 2,95 bilhões, ou 0,27 dólar por papel um ano antes.

Excluindo eventos não recorrentes, o banco teve lucro de 0,42 dólar por ação, superando expectativa média de analistas de 0,38 dólar, segundo dados da Thomson Reuters I/B/E/S.

Apesar da receita geral do Bank of America ter crescido apenas 2 por cento, as despesas não vinculadas a juros caíram 6 por cento, graças a um agressivo programa de cortes de custos colocado em prática no ano passado. O banco tem como meta cortar 5 bilhões de dólares da despesa operacional anual até 2018.

O vice-presidente financeiro, Paul Donofrio, afirmou em teleconferência com analistas que o Bank of America espera produzir receita líquida de juros adicional de 600 milhões de dólares no primeiro trimestre deste ano devido a juros maiores.

O banco foi a primeira instituição financeira de grande porte dos Estados Unidos a divulgar resultado trimestral depois que o Federal Reserve elevou em 14 de dezembro a taxa de juros do país pela segunda vez desde 2006.

Por Dan Freed e Sruthi Shankar

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below