13 de Janeiro de 2017 / às 18:24 / 10 meses atrás

Contagem semanal de sondas de petróleo cai pela 2ª vez em 7 meses, diz Baker Hughes

SÃO PAULO (Reuters) - As petroleiras norte-americanas reduziram nesta semana o número de sondas de perfuração em operação pela segunda semana nos últimos sete meses, no que é provavelmente apenas uma breve pausa antes de uma recuperação que deve durar até 2018, conforme produtores de petróleo de xisto elevam investimentos na esteira da alta dos preços da commodity para máximas em 18 meses.

As empresas cortaram sete unidades na semana até 13 de janeiro, levando a contagem total de sondas em operação a 522, ante 515 no mesmo período do ano passado, segundo relatório da consultoria de serviços em energia Baker Hughes nesta sexta-feira.

A queda acabou com a mais longa sequência de aumentos no número de sondas desde agosto de 2011. Foram 10 semanas consecutivas com aumento no total de equipamentos, ante 19 semanas em 2011.

A contagem da Baker Hughes caiu de um recorde de 1.609 unidades em outubro de 2014 para uma mínima de seis anos de 316 em maio, em meio a um colapso dos preços, que caíram de 107 dólares o barril em junho de 2014 para cerca de 26 dólares em fevereiro de 2016.

Mas desde que o petróleo alcançou 50 dólares o barril, em maio, as petroleiras adicionaram um total de 206 unidades em 29 das últimas 33 semanas.

Por Scott DiSavino

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below