13 de Janeiro de 2017 / às 19:29 / 7 meses atrás

Egito altera normas e facilita importação de grãos

CAIRO/ABU DHABI (Reuters) - O Egito, maior importador de grãos do mundo, está simplificando seus procedimentos de importação e estabelecendo um registro das companhias que irão inspecionar possíveis compras no exterior, disse o Ministério do Comércio nesta sexta-feira.

Um desentendimento entre órgãos do governo sobre as normas de importação para o trigo teve como efeito prático a retiradada do Egito dos mercados globais no ano passado.

A nova regulamentação significa que autoridades que lideraram o processo de quarentena na agricultura e que rejeitaram muitas importações no ano passado não serão mais as principais autoridades a cuidar da inspeção de grãos, segundo uma nota do Ministério do Comércio citando um decreto do ministro.

O Egito não irá mais enviar inspetores governamentais para o exterior, o que frequentemente atrasada os processos de aprovação.

As mudanças também vão reduzir o papel do Ministério da Saúde, que também podia atrasar os carregamentos.

Operadores dizem que as antigas regras de importação tornavam as negociações com o Egito muitas vezes quase impossíveis, devido à incerteza sobre rejeições, que fazia com que muitos deixassem de entrar em licitações do governo, o que tirou o acesso do país ao mercado global de grãos.

Por Eric Knecht e Maha El Dahan

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below