17 de Janeiro de 2017 / às 09:08 / em 10 meses

Presidente da China vai defender globalização em Davos

DAVOS, Suíça (Reuters) - O presidente da China, Xi Jinping, defenderá nesta terça-feira a globalização diante da crescente hostilidade pública no Ocidente em um discurso no Fórum Econômico Mundial que destacará o papel global de Pequim.

Presidente da China, Xi Jinping, no Fórum Econômico Mundial, em Davos. 17/01/2017 REUTERS/Ruben Sprich

A aparição de Xi, a primeira de um líder chinês na reunião anual de líderes políticos, CEOs e banqueiros em Davos, acontece no momento em que a posição dos Estados Unidos como força de cooperação multilateral em questões como comércio e mudança climática está em dúvida após a eleição de Donald Trump a presidente dos EUA.

A Europa, por sua vez, está preocupada com seus próprios problemas, do Brexit e ataques militantes a uma série de eleições este ano em que populistas antiglobalização podem ganhar força.

Isso deixou um vácuo que a China parece disputa a preencher.

“Não é coincidência que Xi escolheu este ano para escalar a montanha mágica”, disse o presidente do Eurasia Group, uma consultoria de risco político, Ian Bremmer.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below