19 de Janeiro de 2017 / às 12:04 / em 10 meses

Reino Unido alerta UE que "encontrará caminhos" para competir se não houver acordo comercial

DAVOS, Suíça (Reuters) - O ministro das Finanças britânico, Philip Hammond, alertou a União Europeia nesta quinta-feira que o Reino Unido será forçado a encontrar maneiras diferentes de se manter competitivo se não houver uma “relação comercial abrangente” depois do Brexit.

No Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, Hammond deu ênfase ao fato de que o governo britânico quer explorar caminhos com a UE para garantir que décadas de laços estreitos não sejam quebradas, dizendo que com boa vontade tudo é possível.

“Temos de permanecer competitivos. A melhor maneira de fazer isso é ter um relacionamento comercial abrangente com a União Europeia, nossos vizinhos mais próximos”, disse ele à Reuters.

“Mas se não conseguirmos isso, teremos que encontrar outras maneiras de manter nossa competitividade, porque a nossa primeira obrigação de governo é garantir que nosso povo seja capaz de manter seu padrão de vida”.

Autoridades britânicas querem tranquilizar líderes empresariais e políticos em Davos sobre o Brexit, depois que a primeira-ministra, Theresa May, disse nesta semana que está tirando o Reino Unido do mercado único europeu de 500 milhões de consumidores para controlar a imigração.

Hammond disse que o Reino Unido quer explorar opções para encontrar maneiras de as empresas -- incluindo a indústria financeira, que teme perder o direito de vender seus serviços no bloco-- possam negociar livremente.

Por Stephen Adler e Elizabeth Piper

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below