19 de Janeiro de 2017 / às 12:09 / em 10 meses

Crise da Toshiba se intensifica com notícias de perda de US$6 bi; ações despencam

TÓQUIO (Reuters) - A crise financeira da Toshiba se aprofundou na quinta-feira após informações na mídia de que companhia pode registrar uma baixa contábil de 6 bilhões de dólares em seus negócios nucleares nos Estados Unidos, acima do esperado, fazendo suas ações recuarem quase 16 por cento.

As notícias colocam dúvidas sobre se as medidas que o conglomerado industrial deve tomar para reforçar suas finanças - incluindo a venda de uma participação no seu negócio de chips - serão suficientes para resolver qualquer déficit.

Os executivos da Toshiba se reuniriam com representantes de seus principais bancos nesta quinta-feira para discutir possíveis apoios, disseram fontes com conhecimento do assunto.

Takeshi Kunibe, presidente da Sumitomo Mitsui Banking, um de seus principais bancos, disse que a instituição gostaria de apoiar Toshiba tanto quanto possível.

A Toshiba também se aproximou do Banco de Desenvolvimento do Japão, apoiado pelo governo, disse uma fonte com conhecimento do assunto, que não estava autorizada a falar e se negou a ser identificada.

Um porta-voz do Banco de Desenvolvimento do Japão disse que não houve discussão sobre o tipo de ajuda que a Toshiba pode pedir. Representantes do Mizuho Bank se recusaram a comentar.

Acusada por um escândalo contábil em 2015, a Toshiba afundou de repente em uma crise no final do ano passado, após a informação de que teria de descontar custos excedentes em projetos manipulados por uma empresa de construção de usina nuclear adquirida nos Estados Unidos.

Fontes familiarizadas com o assunto haviam sinalizado previamente o tamanho da perda esperada em mais de 500 bilhões de ienes (4,4 bilhões de dólares). A agência de notícias Kyodo e outras mídias domésticas disseram que as estimativas já aumentaram para 700 bilhões de ienes, em parte devido a taxas de câmbio desfavoráveis.

A Toshiba se recusou a comentar sobre as baixas relatadas e seus planos de encontro com bancos.

Reportagem de Kentaro Hamada e Taiga Uranaka

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below