20 de Janeiro de 2017 / às 14:53 / 10 meses atrás

Mitsubishi atrasa entrega de jato regional pela 5a vez, dizem fontes

TÓQUIO (Reuters) - A Mitsubishi Aircraft vai adiar a entrega do jato regional MRJ em cerca de dois anos em relação ao prazo anteriormente estipulado para meados de 2018, disseram duas fontes à Reuters nesta sexta-feira, na quinta prorrogação no cronograma da aeronave que disputará mercado com empresas estabelecidas como a brasileira Embraer e a canadense Bombardier.

Um novo adiamento no primeiro jato comercial de passageiros desenvolvido no Japão em meio século pode atingir as chances da empresa japonesa em obter novas encomendas no mercado de aeronaves regionais. A entrega do MRJ originalmente deveria ter ocorrido em 2013.

A Mitsubishi Aircraft e sua controladora, Mitsubishi Heavy Industries, afirmou no mês passado que estava revendo todo o cronograma do MRJ, da fase de testes à entrega.

A Mitsubishi Heavy não comentou o assunto, afirmando que vai dar detalhes sobre os negócios envolvendo o MRJ na segunda-feira.

O MRJ, que fez um primeiro voo de teste em novembro passado, representa uma longa ambição do Japão em reestabelecer uma indústria de aviação comercial que foi desmantelada pelos Estados Unidos depois da derrota japonesa na 2a Guerra Mundial.

Por Maki Shiraki

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below