23 de Janeiro de 2017 / às 13:05 / em 7 meses

EDP Brasil inicia 2017 com otimismo moderado e iniciativa para corte de custos

SÃO PAULO (Reuters) - A elétrica EDP Brasil, do grupo português Energias de Portugal, tem uma visão "moderadamente positiva" para o ano de 2017 no Brasil, disse à Reuters nesta segunda-feira o presidente da companhia, Miguel Setas, que também reforçou a atenção da empresa a iniciativas de cortes de custos.

De acordo com o executivo, a empresa pretende apostar na inovação tecnológica como forma de ganhar eficiência em suas operações e assim manter os resultados mesmo em meio a uma economia brasileira ainda em crise.

"Nossas expectativas para 2017 obviamente que estão dependentes do quadro macroeconômico do país. Nossa visão, neste momento, é que se espera um ano com evolução positiva em relação ao quadro macroeconômico de 2016...trabalhamos com uma visão moderadamente positiva", disse Setas.

Ele explicou que uma das apostas da EDP Brasil para reduzir custos é um programa de automação de processos internos que utilizará um software robótico para realizar tarefas antes a cargo de colaboradores.

O investimento inicial da iniciativa, de 1 milhão de reais, é baixo para os padrões da elétrica, e a estimativa da companhia é de que esse valor poderá ser recuperado em menos de um ano, devido a uma redução no número de horas extras dos colaboradores esperada após a aplicação da ferramenta.

"Vamos começar com três processos, mas nosso objetivo é progressivamente expandir esses sistemas robóticos para outras atividades que exigem vasto processamento de dados e que têm um caráter rotineiro. Com isso, liberamos nossos colaboradores para atividades de maior valor agregado", disse Setas.

Ele explicou que a inovação utiliza tecnologia de redes neurais, o que permite que o software "aprenda" as tarefas conforme as executa.

"Projetos de maior eficiência como esse são importantes no cenário atual. Contribuem para que possamos, no contexto macroeconômico que vivemos, ter resiliência em nossos resultados...começamos o ano com uma inovação", disse Setas.

O executivo não quis fazer mais comentários, no entanto, devido à proximidade da divulgação dos resultados da EDP Brasil, que em 22 de fevereiro irá publicar o balanço do quarto trimestre de 2016.

Na semana passada, a EDP Brasil divulgou que a energia total distribuída pela companhia fechou 2016 com retração de 5 por cento em volume ante o ano anterior, devido à retração do consumo em meio à crise econômica brasileira.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below