23 de Janeiro de 2017 / às 18:06 / 8 meses atrás

Rússia precisa de novos mercados para seus grãos, diz consultoria SovEcon

MOSCOU (Reuters) - A Rússia precisa achar novos mercado para suas exportações de grãos e acelerar sua oferta para o exterior a fim de diminuir a pressão sobre seu mercado doméstico após uma safra recorde de 119 milhões de toneladas em 2016, disse a consultoria agrícola SovEcon em nota.

Dados alfandegários mostram que as exportações russas de grãos em dezembro caíram para 3,18 milhões de toneladas ante 4,05 milhões de toneladas em novembro devido a tempestades em portos e à valorização do rublo ante o dólar.

Em janeiro, as exportações russas de grãos deverão cair para 2,4 milhões de toneladas, incluindo de 1,8 milhão a 1,9 milhão de toneladas de trigo, 300 mil a 400 mil toneladas de milho e de 100 mil a 150 mil toneladas de cevada.

Isso levará as exportações russas de grãos para 23 milhões de toneladas para o período entre julho e janeiro, levemente acima do igual período há um ano.

“Ainda assim, não basta não ficar com estoques recordes de grãos ao fim da temporada, o que pode reduzir significativamente os preços domésticos não só para a safra do último ano, como também para a nova safra.”

Para evitar isso, a Rússia deve manter as exportações a 2,8 milhões de toneladas de grãos por mês entre janeiro e junho de 2017, acrescentou a consultoria. “A tarefa é difícil, isso se for alcançável”, disse a SovEcon.

Por Polina Devitt

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below