30 de Janeiro de 2017 / às 13:26 / em 10 meses

Inflação anual da Alemanha atinge máxima de 3 anos e meio em janeiro

BERLIM (Reuters) - A inflação anual na Alemanha aumentou ainda mais em janeiro, atingindo o nível mais alto em três anos e meio, alcançando a meta de estabilidade de preços do Banco Central Europeu (BCE) de pouco menos de 2 por cento, segundo dados preliminares divulgados nesta segunda-feira.

Os preços ao consumidor alemão, harmonizados para comparação com outros países europeus, subiram 1,9 por cento no ano após alta de 1,7 por cento em dezembro, informou a Agência Federal de Estatísticas.

Os dados vieram ligeiramente mais fracos do que a expectativa em pesquisa da Reuters de 2,0 por cento. Ainda assim, foi a maior taxa de inflação anual desde julho de 2013.

Sem ser harmonizado, o índice de inflação anual acelerou para 1,9 por cento de 1,7 por cento em dezembro.

A alta dos preços da energia e dos alimentos foi responsável pelo resultado de janeiro, mostraram os dados.

Os números devem alimentar ainda mais o debate político na maior economia da Europa sobre o fim da política monetária frouxa do BCE.

Uma recuperação sustentada da inflação alemã daria ao presidente do banco central do país e membro do BCE, Jens Weidmann, mais espaço para discutir a redução do programa de compra de títulos do BCE.

Por Michael Nienaber

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below