31 de Janeiro de 2017 / às 14:15 / 8 meses atrás

Fibria vê preços de celulose melhores no 1º semestre, mas ajustes para baixo no 2º

SÃO PAULO (Reuters) - A produtora de celulose Fibria está vendo um cenário de alta demanda pelo insumo neste início de ano por parte de clientes na Ásia, o que dá confiança de que conseguirá implementar totalmente o reajuste de preços de 30 dólares por tonelada anunciado para o início de fevereiro, disseram executivos da companhia, nesta terça-feira.

Já para o segundo semestre do ano, o presidente da companhia, Marcelo Castelli, afirmou em teleconferência com jornalistas que espera estabilidade nas cotações da commodity, mas com uma “tendência de ajustes para baixo”, diante da entrada de novas capacidades produtivas de rivais e da própria Fibria no mercado global.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below