3 de Fevereiro de 2017 / às 18:44 / em 8 meses

Setor de café do país quer quase R$5 bi em financiamentos via Funcafé em 2017

SÃO PAULO (Reuters) - Integrantes do setor produtivo de café do Brasil pediram ao Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC) um aumento de 5,6 por cento no recursos com juros subsidiados pelo governo para o financiamento das atividades cafeeiras este ano, o que elevaria o total para um recorde de 4,89 bilhões de reais.

Após a aprovação do CDPC, órgão que reúne representantes do governo e do setor privado, o Conselho Monetário Nacional (CMN) ainda precisa aprovar os recursos que seriam disponibilizados via Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé).

Pela proposta, de acordo com nota desta sexta-feira do Conselho Nacional do Café (CNC), os recursos seriam divididos da seguinte forma: 1,862 bilhão de reais para a linha de financiamento de estocagem; 1,063 bilhão de reais para aquisição de café (FAC); 1,010 bilhão de reais para custeio; 925,2 milhões de reais para Capital de Giro; 20 milhões de reais para a linha de recuperação de cafezais danificados; e 10 milhões de reais para Opções Privadas e Operação em Mercados Futuros.

Em 2016, o Funcafé ofertou 4,632 bilhões de reais em financiamentos ao setor no maior produtor e exportador global da commodity.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below