10 de Fevereiro de 2017 / às 17:59 / em 9 meses

Ações europeias encerram sessão em alta e têm ganho semanal

MILÃO (Reuters) - As ações europeias subiram nesta sexta-feira, terminando a semana em território positivo por conta de resultados corporativos e pelos avanço dos papéis de recursos básicos, embora as quedas dos bancos italianos tenham levado o setor à pior semana desde novembro.

O índice pan-europeu STOXX 600 subiu 0,1 por cento e registrou um ganho semanal de 0,9 por cento que o aproximou de um pico de 13 meses atingido em janeiro.

A semana foi marcada pela volatilidade por causa da preocupação dos investidores com as eleições parlamentares na França e por novas preocupações de que a Grécia pode deixar o euro.

“O sentimento de hoje é apoiado por bons dados econômicos da China, Itália e Reino Unido ... mas a semana tem visto altos e baixos enquanto os investidores procuram a garantia de que a Europa se manterá unida”, disse o analista-chefe da ActivTrades, Carlo Alberto De Casa.

A empresa francesa de entretenimento Ubisoft registrou a maior alta do STOXX, de 10,9 por cento, depois de ter revisado sua meta de lucratividade.

O índice de recursos básicos do STOXX 600 teve o maior ganho diário desde 9 de novembro, o dia em que Donald Trump foi eleito presidente. O índice subiu 3,7 por cento, o maior ganho setorial da Europa.

O índice também foi impulsionado pelas ações da ArcelorMittal, a maior siderúrgica do mundo, que subiu 9,3 por cento depois de ter registrado um lucro trimestral superior ao esperado.

Os bancos em toda a Europa mostraram fraqueza, com o índice bancário recuando 0,8 por cento pressionado pelos resultados bancários da Itália.

O Banca Popolare dell‘Emilia Romagna registrou a maior queda na Europa, recuando 7,8 por cento após reportar uma queda no lucro líquido.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,15 por cento, a 1.448 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,40 por cento, a 7.258 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,21 por cento, a 11.666 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,04 por cento, a 4.828 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,45 por cento, a 18.862 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,64 por cento, a 9.378 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,21 por cento, a 4.604 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below