10 de Fevereiro de 2017 / às 20:04 / 10 meses atrás

PetroRio aumentará faturamento em 30% com compra da Brasoil, diz diretor

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A petroleira brasileira PetroRio vai aumentar em 30 por cento o seu faturamento anual após a finalização da compra de 100 por cento da Brasoil, afirmou à Reuters nesta sexta-feira o diretor Financeiro, de Novos Negócios e de Relações com Investidores da companhia, Blener Mayhew.

Atualmente, a conclusão do negócio depende apenas do aval do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), o que é esperado para acontecer em 30 dias, segundo o executivo.

O aumento do faturamento anual, segundo Mayhew, virá a partir da participação indireta detida pela Brasoil de 10 por cento na concessão do campo de Manati, um dos mais importantes produtores de gás natural do Brasil.

A PetroRio teve receita total de 284,1 milhões de reais nos nove primeiros meses de 2016.

Ele não revelou o valor da aquisição da Brasoil, com finalização do acordo anunciada nesta sexta-feira.

Manati produziu 4,2 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia em dezembro, figurando como oitavo maior campo produtor de gás natural do Brasil, segundo dados mais recentes da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Com o negócio, a petroleira passa a ter dois ativos em fase de produção, incluindo o campo de Polvo, na Bacia de Campos, comprado pela PetroRio em 2014. Outros ativos adquiridos junto com a Brasoil ainda estão em fase de investimentos.

“Agora a gente tem dois ativos geradores de caixa, então do ponto de vista de crédito os bancos gostaram muito dessa aquisição... o perfil de crédito é muito melhor agora”, afirmou.

Além da participação no campo de Manati, outros ativos relevantes da Brasoil incluem a participação indireta de 100 por cento nas concessões do campo de Pirapema --ativo de gás atualmente em desenvolvimento-- e do Bloco FZA-M-254, ambos na Foz do Rio Amazonas.

“Obviamente não é core business da PetroRio exploração e desenvolvimento, então a gente vai olhar e eventualmente trazer parceiros para ajudar a desenvolver esses ativos”, disse Mayhew.

NOVAS AQUISIÇÕES

Apesar do movimento recente, Mayhew destacou que a empresa permanece atenta a novas oportunidades no mercado, já que tem atualmente uma estratégia de crescimento por meio de fusões e aquisições.

“A gente está participando de algumas concorrências, sempre estudando o mercado no Brasil e no exterior”, afirmou Mayhew, explicando que há muitos ativos interessantes no mercado.

Questionado sobre a possibilidade de buscar deter uma maior parcela em Manati, Mayhew afirmou que a empresa “conhece bem o ativo, acha o ativo bem interessante e, eventualmente, teria interesse em aumentar participação”, caso haja interesse dos demais sócios e seja interessante para a companhia.

Atualmente, além da Brasoil, integram o consórcio de Manati a Petrobras, operadora com 35 por cento, a Queiroz Galvão Exploração e Produção (QGEP), com 45 por cento, e a Geopark, com os demais 10 por cento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below