13 de Fevereiro de 2017 / às 10:35 / em 9 meses

Lucro líquido ajustado da BB Seguridade sobe 6% no 4ºtri, para R$ 1,074 bi

SÃO PAULO (Reuters) - A BB Seguridade, que reúne as participações do Banco do Brasil em seguros e previdência, reportou nesta segunda-feira um lucro líquido ajustado de 1,074 bilhão de reais no quarto trimestre de 2016, alta de 6 por cento em relação ao mesmo período de 2015.

Conforme o material de divulgação do balanço, o desempenho é explicado pelo avanço de 13,2 por cento do resultado operacional não decorrente de juros, que compensou a queda de 7,1 por cento do resultado financeiro.

Separadamente, a empresa informou prever alta de 1 a 5 por cento no lucro líquido ajustado de 2017, o que significa uma desaceleração em relação ao intervalo de 4 a 8 por cento projetado para 2016. No ano passado, o lucro líquido ajustado da BB Seguridade subiu 4,1 por cento ante 2015, para 4,107 bilhões de reais.

No quarto trimestre, o retorno anualizado sobre patrimônio líquido médio foi de 52,2 por cento, queda de 1,9 ponto percentual ante o mesmo intervalo de 2015. Já as despesas gerais e administrativas da BB Seguridade encolheram 7,8 por cento na mesma base, para 17,659 milhões de reais.

Por segmento, a área de seguros de vida, habitação e rural, chamada pela BB Seguridade de SH1, teve lucro líquido ajustado de 428,6 milhões de reais no quarto trimestre, alta anual de 7,1 por cento. Os prêmios emitidos somaram 2 bilhões de reais, um volume 6,2 por cento inferior em relação ao último trimestre de 2015.

Já na divisão de automóvel e patrimônio (SH2), a BB Seguridade reportou lucro líquido ajustado de 29,6 milhões de reais nos três meses encerrados em dezembro, baixa de 75 por cento sobre o resultado do quarto trimestre de 2015.

Em previdência, o lucro líquido ajustado entre outubro e dezembro cresceu 27,5 por cento ano a ano, atingindo 266,7 milhões de reais, beneficiado por receitas maiores com taxas de gestão em função da expansão do volume de recursos administrados e da melhora no índice de eficiência.

O volume de contribuições de previdência aumentou 55,5 por cento no período, enquanto a captação líquida totalizou 9,7 bilhões de reais, evolução de 68,1 por cento frente ao quarto trimestre de 2015.

ACUMULADO

Por categoria, o resultado líquido ajustado de 2016 foi de 1,7 bilhão de reais na divisão SH1 (+1,9 por cento), 250,4 milhões de reais na SH2 (-39,9 por cento) e 1 bilhão de reais na área de previdência (+17,1 por cento).

Por Gabriela Mello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below