14 de Fevereiro de 2017 / às 14:15 / 6 meses atrás

Indicadores fracos prejudicam otimismo sobre força econômica da zona do euro

BRUXELAS (Reuters) - O otimismo sobre a força da economia da zona do euro foi prejudicado nesta terça-feira, com os indicadores mostrando um crescimento abaixo do esperado, possivelmente causado pelo comércio global mais fraco, com mais apelos protecionistas.

O Produto Interno Bruto (PIB) dos 19 países que compartilham o euro cresceu 0,4 por cento nos últimos três meses de 2016, revisado para baixo em relação a uma estimativa anterior de 0,5 por cento.

As novas estimativas refletem dados divulgados na Alemanha, a maior economia do bloco, que também cresceu 0,4 por cento no trimestre, abaixo das expectativas do mercado de um crescimento de 0,5 por cento.

Nas previsões econômicas divulgadas na segunda-feira, a Comissão Europeia afirmou que os riscos para o crescimento neste ano incluíam possíveis interrupções no comércio com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que defendeu políticas mais protecionistas.

Os novos números podem instigar os membros do conselho do Banco Central Europeu, que relutam em reverter no médio prazo sua política monetária muito flexível, apesar de uma recuperação dos preços. A inflação foi de 1,8 por cento em janeiro, aproximando-se da meta do BCE de "abaixo, mas perto de 2 por cento".

Por Francesco Guarascio

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below