14 de Fevereiro de 2017 / às 16:55 / em 9 meses

Toshiba faz baixa contábil de US$6,3 bi em unidade nuclear, avalia vender ativos

TÓQUIO (Reuters) - Após um dia de atrasos e confusão, a japonesa Toshiba informou nesta terça-feira que fará uma baixa contábil de 6,3 bilhões de dólares em sua unidade nuclear nos Estados Unidos, o que pressiona o patrimônio dos acionistas e deixa a empresa com necessidade de capital.

Destacando a escala das preocupações financeiras, a Toshiba intensificou planos para levantar capital, anunciando que deve vender a maioria, senão toda, sua participação na divisão de chips de memória flash, além da empresa nuclear Westinghouse.

Antes, o grupo japonês estudava vender apenas a fatia de 20 por cento na unidade de memória Nand, que produz chips para aparelhos móveis e tablets, sendo o segmento de negócios mais valioso da companhia.

“Estamos considerando várias ofertas para os negócios de chips e agiremos com flexibilidade - mesmo se isso significar ceder a maior parte da unidade”, disse o presidente da Toshiba, Satoshi Tsunakawa.

O conglomerado assustou investidores ao atrasar a divulgação do balanço, dizendo inicialmente que “não estava pronto” e, em seguida, que precisaria de mais tempo para avaliar os negócios da Westinghouse após relatórios internos revelarem potenciais problemas.

Os números apresentados ainda precisam ser aprovados pela auditoria e a Toshiba alertou investidores que as cifras podem ser revisadas.

Dados auditados não devem sair antes de 14 de março, após reguladores do Japão concederem uma extensão no prazo.

“Finalmente agora as pessoas estão começando a reconhecer que problemas internos de controle, problemas de contabilidade são muito reais e não abstratos”, afirmou Zuhair Khan, analista da Jefferies. “Eles impactam a visibilidade da companhia”.

A ação da Toshiba recuou 8 por cento, fazendo o valor de mercado da empresa cair a 973 bilhões de ienes (8,6 bilhões de dólares), menos da metade da cifra de meados de dezembro. Menos de uma década atrás, a empresa estava avaliada em cerca de 5 trilhões de ienes.

A Toshiba deve se reunir com bancos credores na quarta-feira.

Por Makiko Yamazaki e Taiga Uranaka

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below