20 de Fevereiro de 2017 / às 16:53 / em 9 meses

Grécia e governos da zona do euro concordam em retomar negociações de resgate, diz autoridade grega

ATENAS (Reuters) - Os ministros das Finanças da zona do euro e a Grécia concordaram nesta segunda-feira em retomar as negociações sobre a revisão do resgate na próxima semana, disse uma autoridade do governo grego.

“O acordo inclui a condição inviolável que foi estabelecida pelo lado grego para nem mais um euro de austeridade”, disse o funcionário do governo.

A Grécia aceitou legislar reformas que serão adotadas a partir de 1º de janeiro de 2019, sob a condição de que o impacto fiscal seja neutro, disse o funcionário.

As conversas sobre o plano de resgate da Grécia ficaram paralisadas por atrasos nas reformas de Atenas e desacordos entre os próprios credores sobre se o Fundo Monetário Internacional participaria do resgate, negociado em meados de 2015 e avaliado em até 86 bilhões de euros.

Um ministro das Finanças da zona do euro, em discussões em Bruxelas, disse à Reuters: “Não houve discussão substancial, mas um acordo para que as Instituições retornem. Uma boa notícia sob as circunstâncias.”

O funcionário grego não se referiu à possibilidade de o FMI fazer parte do resgate.

O funcionário disse que os tecnocratas que representam os credores vão retornar a Atenas imediatamente após 27 de fevereiro, com vistas a “concluir um acordo dentro de poucos dias”.

Por Renee Maltezou

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below