23 de Fevereiro de 2017 / às 11:48 / 6 meses atrás

IGP-M sobe 0,08% em fevereiro com queda dos preços no atacado e pressão menor no varejo, diz FGV

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) desacelerou a alta a 0,08 por cento em fevereiro, contra 0,64 por cento no mês anterior, diante do recuo dos preços no atacado e da menor pressão ao consumidor.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) informou nesta quinta-feira que o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60 por cento do índice geral, registrou em fevereiro queda de 0,09 por cento, após alta de 0,70 por cento em janeiro.

O IPA mostrou que as Matérias-Primas Brutas recuaram 0,64 por cento, ante alta de 0,91 por cento em janeiro, com destaque para a queda dos preços do minério de ferro, bovinos e aves.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), com peso de 30 por cento no IGP-M, desacelerou a alta a 0,39 por cento em fevereiro, contra 0,64 por cento no mês anterior.

O resultado foi influenciado principalmente pelo grupo Alimentação, que recuou 0,22 por cento após avançar 0,70 por cento em janeiro, com queda de 1,99 por cento dos preços das carnes bovinas.

Por sua vez o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) acelerou a alta a 0,53 por cento, após subir 0,29 por cento no mês passado.

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de energia elétrica e aluguel de imóveis.

Por Thaís Freitas

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below