3 de Março de 2017 / às 14:53 / em 8 meses

Reforma da Previdência deve ser votada com pontos defendidos pelo governo, diz Maia

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu nesta sexta-feira que a reforma da Previdência seja votada com os pontos enviados pelo governo, apesar de reconhecer que a regra de transição para os contribuintes é “sempre polêmica”.

Maia, que esteve reunido com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e com o secretário de Previdência, Marcelo Caetano, reconheceu que foi convencido de que as regras propostas pelo governo são as melhores para colocar as contas públicas em ordem.

Maia disse ainda que pretende colocar a reforma da Previdência em votação na plenário da Casa na segunda quinzena de abril.

Reportagem de Marcela Ayres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below