6 de Março de 2017 / às 18:49 / 5 meses atrás

Demanda por voos no Brasil abre o ano em queda, diz Anac

SÃO PAULO (Reuters) - A demanda por voos domésticos no Brasil caiu 1,79 por cento em janeiro em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), nesta segunda-feira.

A queda na demanda em janeiro marcou o 18o recuo consecutivo do indicador, segundo a Anac. As empresas transportaram 8,5 milhões de passageiros pagantes em voos domésticos em janeiro, queda de 4,1 por cento em igual período de 2016.

A oferta de assentos pelas companhias aéreas no mês passado caiu 3,15 por cento no mesmo período.

A Gol teve incremento ligeiro na participação de mercado doméstico em janeiro sobre um ano antes, passando de 38,3 para 38,6 por cento, segundo os dados da Anac. A fatia da rival TAM caiu de 34,1 por cento em janeiro do ano passado para 31,1 por cento no primeiro mês deste ano.

Azul teve ganho de 1 ponto percentual, para 18 por cento, enquanto a Avianca Brasil teve crescimento de 9,7 para 11,8 por cento.

Em meados de fevereiro, a Gol já havia informado que a demanda recebida por seus voos domésticos em janeiro tinha recuado 1 por cento, enquanto sua oferta teve baixa de 2,5 por cento.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below