6 de Março de 2017 / às 22:00 / 8 meses atrás

AgRural eleva previsão de safra de soja do Brasil para 107 mi t

SÃO PAULO (Reuters) - A safra de soja do Brasil deverá alcançar um recorde de 107 milhões de toneladas em 2016/17, com a ajuda de tempo favorável às lavouras, estimou nesta segunda-feira a consultoria AgRural, que em fevereiro havia previsto produção de 105,4 milhões de toneladas.

Caminhão é carregado com grãos de soja na cidade de Primavera do Leste, no Estado do Mato Grosso 07/02/2013 REUTERS/Paulo Whitaker (BRAZIL - Tags: AGRICULTURE BUSINESS COMMODITIES)

O ajuste na produção deveu-se a aumentos na produtividade esperada para quase todos os Estados.

A AgRural vê recordes de produtividade no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul.

“Para a revisão que será feita no início de abril, não se descartam pequenos aumentos (de previsão) em São Paulo, Minas Gerais e Goiás, que desse modo também garantiriam novos recordes de produtividade”, afirmou o relatório.

A consultoria disse também que a colheita evoluiu bastante na semana do Carnaval, atingindo 47 por cento até 2 de março, ante 36 por cento uma semana antes e 41 por cento em 4 de março de 2016.

Em Mato Grosso, principal Estado produtor da oleaginosa, a colheita já alcança 78 por cento da área, ante 65 por cento na semana anterior e 64 por cento um ano atrás.

No Paraná, segundo maior produtor, os trabalhos evoluíram, mas continuam atrasados na comparação com 2016. A colheita avançou para 46 por cento, ante 31 por cento na semana anterior e 53 por cento um ano antes.

MILHO

A AgRural também fez um ajuste para cima na sua previsão de produção de milho verão, que passou dos 29,1 milhões de toneladas estimados em fevereiro para 29,3 milhões em março.

A estimativa da produção de milho segunda safra (safrinha) subiu para 61,5 milhões de toneladas, ante 60,2 milhões de toneladas estimados em fevereiro.

“O incremento deveu-se principalmente a uma correção nas linhas de tendência de produtividade, que foram ajustadas de acordo com o ritmo mais acelerado de plantio observado nesta safra”, disse a consultoria.

O plantio da safrinha, que vinha sofrendo com o atraso da colheita de soja, disparou na última semana.

A semeadura alcançou, até 2 de março, 75 por cento da área total prevista, ante 57 por cento uma semana antes e 68 por cento um ano antes.

Por Gustavo Bonato

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below