7 de Março de 2017 / às 22:19 / 5 meses atrás

Wall St. recua com pressão dos setores farmacêutico e financeiro

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos caíram nesta terça-feira, com a fraqueza em ações dos setores farmacêutico e financeiro levando o S&P 500 e o Dow Jones à primeira queda em sessões consecutivas em mais de um mês.

O índice Dow Jones caiu 0,14 por cento, a 20.924 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,29 por cento, a 2.368 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,26 por cento, a 5.833 pontos.

As ações do setor farmacêutico ficaram sob pressão após o presidente Donald Trump ter publicado no Twitter que ele estava trabalhando em um novo sistema para reduzir o preço dos medicamentos, sem dar mais detalhes.

Trump também endossou um projeto de lei revelado por republicanos nesta segunda-feira para revogar e substituir a lei do "Obamacare", mas disse que a lei estava aberta a negociações.

O índice de saúde do S&P 500 caiu 0,7 por cento, enquanto o índice farmacêutico NYSE Arca recuou 0,9 por cento, seu pior desempenho desde 24 de janeiro.

"Nós precisamos lembrar que o que Trump diz inicialmente sempre acaba sendo menor e leva significativamente mais tempo antes que possamos ver quaisquer detalhes de fato", disse Randy Frederick, diretor de trading e derivativos da Charles Schwab em Austin, no Texas.

Os índices financeiros, setor de melhor desempenho do S&P desde as eleições de novembro, caíram 0,3 por cento, pressionados por perdas no Wells Fargo e JPMorgan.

Por Chuck Mikolajczak

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below