21 de Março de 2017 / às 22:37 / 5 meses atrás

Movida aposta em aluguel mensal de veículos para ampliar base de clientes

SÃO PAULO (Reuters) - A companhia de aluguel de veículos Movida lançou uma modalidade de serviço voltada a pessoas físicas interessadas em ter um carro à disposição sem necessariamente incorrerem em custos atrelados à propriedade do veículo.

A empresa, segunda maior do setor e cujas ações estrearam na BM&FBovespa em fevereiro, começou nesta semana a vender uma modalidade de aluguel de veículos em que o cliente paga por mês, de olho na crescente demanda por novas formas de mobilidade urbana nos grandes centros do país.

A companhia, que divulga resultado de quarto trimestre na quarta-feira, disponibilizou o serviço em todos os cerca de 190 pontos de venda no país, disse o presidente, Renato Franklin. Ele não revelou projeções específicas para a oferta, mas afirmou que a empresa espera que ela seja responsável por parcela relevante do faturamento nos próximos anos.

O mercado de aluguel de veículos no Brasil tem passado por forte aumento de rivalidade, com consolidação e lançamentos de serviços voltados principalmente a usuários pessoa física. Em dezembro, a Localiza anunciou serviço de aluguel sem que o cliente precise passar por atendentes e também a compra das operações brasileiras da norte-americana Hertz. A Locamerica anunciou na véspera a compra da rival paranaense Auto Ricci.

"Nosso foco é crescimento orgânico. O mercado ainda tem bastante espaço para crescermos sem termos que brigar. Se houver mais soluções em serviços a gente acelera o crescimento do mercado", disse Franklin.

Ele citou que a indústria de aluguel de veículos do Brasil tem crescido dois dígitos em média nos últimos oito anos, tendo adicionado em 2015 1 milhão de novos clientes, dos quais 300 mil da Movida. Em 2016, a Movida adicionou mais de 350 mil clientes novos. A frota da empresa era de mais de 60 mil carros, afirmou o executivo.

Para os próximos meses, Franklin afirmou que a companhia vai ampliar o serviço de aluguel por prazo fixo para incluir, por exemplo, planos válidos apenas em finais de semana. "Isso tem muito a evoluir, estamos só na primeira etapa (...) Queremos capturar fatia bastante grande do mercado de compradores (de veículos)", disse o executivo sem dar detalhes.

Por enquanto, o serviço de aluguel mensal da Movida tem 30 dias como prazo mínimo de contratação e limite de quilometragem de 1 mil a 5 mil quilômetros.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below