24 de Março de 2017 / às 17:47 / em 8 meses

Dois grupos de credores da Oi rejeitam novo plano de recuperação judicial

SÃO PAULO (Reuters) - Dois grupos de credores da Oi informaram nesta sexta-feira que rejeitam os termos do novo plano de recuperação judicial da operadora de telecomunicações, apresentado ao mercado nesta semana.

“Os termos propostos, como os do plano de setembro, falham em tratar os credores de forma justa e igualitária, ao mesmo tempo em que promovem os interesses dos acionistas em detrimento de todas as partes interessadas”, afirmaram os grupos em nota.

Juntos, eles representam mais de 6 bilhões de dólares em dívidas, de acordo com o comunicado. Os grupos ainda se disseram “extremamente decepcionados” com o fato de que, nove meses após o pedido de recuperação judicial, a Oi ainda não engajou em negociações com os credores.

Na quarta-feira, o conselho de administração da operadora divulgou novos termos para o plano de recuperação judicial da empresa, propondo redução de prazo de carência de pagamento de juros e de principal, além de emissão de bônus.

Em teleconferência sobre os resultados do quarto trimestre, o presidente-executivo da Oi, Marco Schroeder, considerou a proposta “equilibrada” e disse que a mesma seria submetida à justiça nos próximos dias.

Por Gabriela Mello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below