7 de Abril de 2017 / às 19:00 / 6 meses atrás

Setor de carne bovina vê recuperação nos embarques entre abril e maio

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações de carne bovina do Brasil deverão voltar a patamares próximos da normalidade entre abril e maio, após terem sido afetadas em março pelos embargos temporários impostos por importadores em reação à operação Carne Fraca da Polícia Federal, afirmou nesta sexta-feira a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo).

Essa recuperação deverá ocorrer na medida em que os principais países importadores retiraram as principais barreiras após esclarecimentos do governo federal, que apontaram para problemas pontuais no setor de carnes.

Em março, por consequência do impacto da operação, o Brasil exportou 124.880 toneladas de carne in natura e processada, queda de 8 por cento ante o mesmo mês do ano passado, enquanto a receita somou 489 milhões de dólares, recuo de 3 por cento na mesma comparação.

No acumulado do primeiro trimestre, o Brasil exportou 331.788 toneladas, obtendo receita de 1,3 bilhão de dólares, com retrações de 7 por cento e 3 por cento ante o mesmo período de 2016, respectivamente.

Apesar dos problemas em março, exportadores de carnes mantêm projeções de embarques em 2017.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below