18 de Abril de 2017 / às 13:40 / 5 meses atrás

Vice dos EUA inicia diálogo econômico com Japão, busca resultados no curto prazo

Vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, em encontro com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, em Tóquio. REUTERS/Kim Kyung-Hoon

TÓQUIO (Reuters) - O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, disse ao Japão nesta terça-feira que Washington quer resultados “no futuro próximo” de conversas com as quais espera abrir mercados para produtos dos EUA, acrescentando que o diálogo pode levar a negociações para um pacto comercial entre os dois países.  

O presidente norte-americano, Donald Trump, e o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, combinaram o diálogo econômico entre os dois vices durante uma reunião em Washington em fevereiro, pouco depois de Trump tomar posse.

“Hoje estamos iniciando um processo de diálogo econômico, o desfecho do qual pode resultar em negociações comerciais bilaterais no futuro”, disse Pence em uma coletiva de imprensa com o vice-premiê japonês, Taro Aso.

“Em algum momento do futuro, pode haver uma decisão entre nossas nações para pegar o que aprendemos com este diálogo e começar negociações formais para um acordo de livre comércio”, afirmou. “Mas deixo isso para o futuro”.

As declarações contrariam esperanças de autoridades japonesas que gostariam de evitar que o diálogo econômico fosse usado como um fórum de discussão de um acordo de livre comércio bilateral que possa submeter o Japão a uma pressão dos EUA para ganhar acesos a áreas altamente protegidas, como a agricultura.

Durante sua campanha eleitoral, Trump defendeu uma plataforma simbolizada pela frase “América em Primeiro Lugar”, dizendo que iria aumentar os empregos no setor manufatureiro e diminuir o déficit comercial dos EUA com países como o Japão.

Trump também abandonou a Parceria Transpacífico (TPP, na sigla em inglês), acordo de 12 países patrocinado por seu antecessor, Barack Obama, e por Abe, e prometeu revisar acordos comerciais regionais e dar preferência a pactos bilaterais.

Pence disse que o TPP é “coisa do passado” e que a Casa Branca não irá esperar resultados das conversas indefinidamente.

“Quando o presidente Trump concordou com este diálogo, ele o vislumbrou como um mecanismo para intensificar as relações comerciais bilaterais entre os Estados Unidos e o Japão e obter resultados no futuro próximo. E eu compartilho essa visão e impaciência”, disse Pence a Aso no início das conversas.

Reportagem adicional de Kiyoshi Takenaka, Leika Kihara, Stanley White e Tetsushi Kajimoto em Tóquio, Hyunjoo Jin em Seul e David Lawder em Washington

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below