18 de Abril de 2017 / às 19:16 / em 6 meses

ENTREVISTA-Governo prevê realizar leilão de energia para renováveis até setembro

BRASÍLIA (Reuters) - O governo federal pretende realizar até setembro um leilão de energia de reserva para contratar novas usinas de fontes renováveis, como eólicas, solares, pequenas hidrelétricas (PCHs) e biomassa, disse à Reuters o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, Eduardo Azevedo.

Antes disso, até julho, o governo promoverá um inédito leilão de descontratação, que tem como objetivo permitir o cancelamento sem a aplicação de multa rescisória de projetos de geração que enfrentaram problemas nos últimos anos e não saíram do papel.

A descontratação, voltada apenas a projetos contratados em leilões de reserva anteriores, visa eliminar parte de um excesso de capacidade no setor elétrico do Brasil, após a recessão levar a demanda a cair por dois anos consecutivos ao mesmo tempo em que o país colocava em operação um volume recorde de novas usinas.

Segundo Azevedo, poderão ser cancelados os projetos que oferecerem o pagamento do maior prêmio ao governo, a partir de um valor mínimo para as propostas, que ainda não foi definido.

Quem participar da operação de descontratação, tem que ficar fora dos próximos dois leilões de energia de reserva, realizado para elevar a segurança do sistema.

Reportagem de Leonardo Goy

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below