25 de Abril de 2017 / às 19:22 / 5 meses atrás

Abate de bovinos deve subir quase 10% no Brasil em 2017, aponta Agroconsult

Gado em propriedade em Moju, no Estado do Pará, próximo à foz do Rio Amazonas 07/11/2013 REUTERS/Paulo Santos

SÃO PAULO (Reuters) - O abate de bovinos no Brasil deverá subir para 40,4 milhões de cabeças em 2017, ante 36,9 milhões em 2016, estimou nesta terça-feira a consultoria Agroconsult, elevando o volume de abates para níveis mais próximos aos registrados no início da década.

Com isso, a produção de carne bovina do país deverá subir para 10,11 milhões de toneladas (equivalente carcaça) neste ano, ante 9,14 milhões de toneladas no ano passado, segundo dados apresentados em um evento da consultoria com jornalistas em São Paulo.

O aumento ocorre em um momento em que o país se recupera de um escândalo de corrupção revelado no mês passado pela Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, envolvendo empresas e inspetores sanitários e que levou importantes mercados a suspenderem temporariamente as importações de carnes do Brasil.

“O abate aumenta pois há uma oferta maior de animais prontos para a finalização”, disse o analista de pecuária da Agroconsult, Maurício Nogueira, durante o evento.

“Neste momento, não há nada que o produtor possa fazer.”

O preço do boi gordo deve cair entre 7 e 12 por cento este ano. Um equilíbrio de oferta e demanda só deve ocorrer a partir de 2019, segundo estimativas da Agroconsult.

Por Ana Mano

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below