28 de Abril de 2017 / às 00:10 / em 7 meses

GPA tem lucro líquido de R$215 mi no 1ºtri impulsionado por divisão Assaí

SÃO PAULO (Reuters) - O Grupo Pão de Açúcar (GPA) divulgou nesta quinta-feira lucro líquido consolidado de 215 milhões de reais para o primeiro trimestre, revertendo prejuízo de 157 milhões de reais registrado um ano antes, em um desempenho novamente apoiado no crescimento da divisão de atacarejo Assaí.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) avançou 38,7 por cento, para 515 milhões de reais. Em termos ajustados, o Ebitda subiu 15,7 por cento no período, para 481 milhões de reais.

A receita líquida da maior companhia de varejo do país subiu 6,7 por cento no primeiro trimestre sobre um ano antes, para 10,552 bilhões de reais, enquanto as despesas com vendas, gerais e administrativas avançaram 4 por cento no período, a 1,88 bilhão de reais. O custo de mercadorias vendidas subiu 6,5 por cento, a 8,18 bilhões de reais.

A margem bruta do grupo ficou praticamente estável, avançando de 22,2 por cento nos três primeiros meses de 2016 para 22,4 por cento.

No trimestre, o GPA reduziu em 2 mil funcionários o número de postos de trabalho, para 89 mil.

A divisão Assaí, que tem passado por forte crescimento em meio à queda da renda da população e o desemprego, mais que dobrou seu lucro líquido consolidado no primeiro trimestre sobre um ano antes, para 76 milhões de reais. A receita líquida da unidade subiu 28,3 por cento, para 4 bilhões de reais, e o Ebitda ajustado disparou 61 por cento, a 162 milhões de reais.

Enquanto isso, a área alimentar do GPA, que reúne supermercados das bandeiras Pão de Açúcar e Extra, teve lucro líquido consolidado de 81 milhões de reais revertendo resultado negativo 2 milhões de reais de um ano antes. O Ebitda ajustado subiu 21,7 por cento, para 506 milhões de reais.

Já a área conhecida como “multivarejo”, que reúne empreendimentos como shoppings, teve lucro de 5 milhões de reais ante prejuízo de 35 milhões de reais no primeiro trimestre do ano passado. O Ebitda ajustado da área avançou 9,2 por cento, a 345 milhões de reais.

O resultado do GPA saiu um dia depois que a rede de móveis e eletroeletrônicos Via Varejo, controlada pela empresa, divulgou lucro líquido de 97 milhões de reais no primeiro trimestre, revertendo prejuízo de 237 milhões sofrido um ano antes.

Por Alberto Alerigi Jr.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below